sábado, 31 de março de 2012

Amigos pra sempre...



Chega um momento na sua vida, que você sabe:

Quem é imprescindivel para você,

Quem nunca foi,

Quem não é mais,

Quem será sempre!

Charles Chaplin


Adoro Chaplin que na sua sabedoria diz tanto
apenas com o seu olhar.
Acho que quando passamos por um momento
decisivo na vida que nos faz refletir, é quase
que impossível não pensar nestas frases acima...
Para a minha sorte cheguei a conclusão que
muitos serão pra sempre...
Cilnéia Felippe

quinta-feira, 29 de março de 2012

A soma de alguns dos meus desejos...


Eu desejo poesia que alimente a alma, (des) planejar

a vida, (des) organizar o tempo e caminhar com calma.

Amigo que não se compra, apenas se conquista, uma

sinceridade que transpassa a alma, viver por viver e

descobrir que viver é uma eterna delícia.

Um colorido novo na vida, misturando as minhas

nuances com a sua cor, beijos estalados e se for pra

morrer, que eu possa morrer de amor.

Um pouco mais de paz, ainda por ser conquistada,

esperar pelo inesperado, simplicidade na vida e

acreditar que o melhor ainda está por chegar.

Rir sem medidas, sonhar sem limites, amar sem razão,

viver intensamente, desejar ardentemente,sonhar

acordado e chorar só quando for necessário.

Dinheiro na medida certa, sorte escorrendo pelas bordas,

saúde que dure pra sempre e amigos pra todas as horas.

É só isso que eu desejo neste meu momento. Cilneia Felippe

quarta-feira, 28 de março de 2012

Olá amigos sol....


Percebi como num filme que se passa, e é exatamente

assim que se passa, entre a vida e a morte com cenas

aleatórias, embaralhadas correndo a uma velocidade

assustadora que mesmo incosciente estava lúcida

para todos os fatos ali apresentados.

Entre a vida e a morte e em breves instantes de

possibilidades eu pensava em coisas grandes e importantes

como ter deixado de ligar para uma amiga e ouvir a sua voz,

ou entaõ e pior ainda não ter atendido aquele tefefonema por

acreditar estar ocupada...e eu não estava. Pensava em coisas

fúteis e pequenas como aquela sandália guardada dentro do saco

de pano da Ibiza e ainda intacta e sem uso. Meu Deus para que uma

sandália guardada e sem uso, acredite ou não, isso me passou pela

cabeça e embora tenha vergonha de dizer, eu pensei sim nisto.

Pensei em coisas vitais como por exemplo quem iria pentear

o cabelo lindo e cacheado da minha filha que é especial. Até então

e para mim, só eu sabia e poderia fazer isto. Parece pequeno, mas

não é.Chorava o tempo todo, no pouco tempo que tive e pedia pra não

morrer, pois quem iria pentear a Giovanna. Quem iria fazer a batata

com alecrim que a minha família ama de paixão. Pensei em tantas coisas

que acredite ou não, a velocidade com que tudo se processa é surreal.

Quando acordei na UTI lembro-me do meu anjo/médico dizendo ter

duas notícias sendo uma boa e a outra ruim.Respondi que tinha acordado,

assim nada que ele pudesse me dizer seria melhor que isto. Mesmo assim

ele me disse que a boa era que eu não havia perdido o meu rim e que a ruim

rima com rim era que o coágulo que quase me levou a vida ainda estava lá,ou

seja, ainda tenho batalhas a vencer.Não posso dizer que saio fortalecida ou

coisa assim. Mas com certeza acordar e ver o sol fatiado pela fresta ao longe foi

o espetáculo mais lindo que eu já vi na vida. Vou viver e nunca vou esquecer

este momento onde percebi o quanto a vida é bela e deve ser vivida plenamente

dia a dia sem ensaios e medidas.Peço desculpas aos meus queridos amigos de blog

por novamente sair sem explicações.Mas acredite eu não tive opção de escolha.


Saudades de todos...muitas saudades!!!
Cilneia Felippe