quinta-feira, 31 de março de 2011

Meu erro...


Já errei muito nesta vida, mas todos os erros me

possibilitaram reconhecer os meus limites e fraquezas,

buscando nas minhas verdades, algumas incertezas..

Hoje eu sou o ontem melhorado, o futuro a ser sonhado,

faço planos, mas acima de tudo vivo o meu momento

como algo palpável, pois hoje sei que errar é aceitável.

Você já foi meu erro, meu desespero em acertar, um beco

sem saída que me levou ao extremo do amor ,ao ponto de

pensar só em você e esquecer a minha vida.

Cilneá Felippe

terça-feira, 29 de março de 2011

Este selo ganhei de uma nova amiga, a Luana Liarkeis o qual ofereço também para todos os meus seguidores, com o maior carinho.Caso alguém queira conferir, segue o link. Gente eu aprendi a trazer o link, tô radiante com mais esse progresso. http://osilenciodaspalavrass.blogspot.com/

segunda-feira, 28 de março de 2011

Um vida simples...


Cheiro de mato molhado,de tranquilidade verdadeira

de vida plena e simples sem maquiagens, artifícios,

sem mentiras, medidas ou besteiras.

Uma vida apenas simples,com família reunida no domingo

conversa ao pé do ouvido, verdades reveladas,segredos escondidos.

Tenho vontade de parar o tempo,aprisionar o meu momento

que é meu, disso eu tenho certeza.

correr pelo campo, deitar na grama quente do nosso desejo,

matar as saudades de você do seu toque do seu beijo. E depois de todo

devaneio e ainda com o seu cheiro de descanso, achar que nunca o seu

muito, é o tanto para o quanto que eu te desejo.Quero te sucumbir e que

venha todas as tempestades, estou pronta para para resistir.



Não sou do tipo do campo, mas confesso que minha vida

anda tão agitada, não tenho tempo pra nada, pareço

mais uma expectadora da minha própria história que

que vai sendo escrita a cada dia.Quando criança morei

por algum tempo num Vilarejo entre Campinas e Paulínia

um local lindo onde eu era livre. Minha casa com muro bem

baixo me deixava ver o mundo e todas as belezas. Lá,rodeada

de amigos e natureza que até hoje não me sai da lembrança.

Nas noites de verão deitava na grama e ficava admirando

o céu, acho que é deste tempo que passei a amar a lua,

as estrelas e todo o seu mistério. Outras vezes também

fui ao campo para recarregar as energias e lá só encontrei

alegria e paz de uma vida simples.É estranho,pois amo agitação

sou ligada no 220, mas hoje queria a calma do campo e a dona

Joana preparando aquelas delícias que só ela sabe fazer.

E nessa calma onde o tempo não passa, Eu e você,

somente assim,intensamente entregues ao prazer...


Cilneia Felippe

domingo, 27 de março de 2011

Vida colorida...


Não me prendo mais na suas fitas, que enfeitavam a minha vida, com cores coloridas. Mascarava a realidade, customizava a tristeza. Agora, eu quero mais que os seus simples laços, quero mais que alguns abraços, quero mais que muitas cores, quero mais que muitos amores, quero viver exatamente o que é para mim. Ah!! e se não der pra ser assim, entro de novo na fila, grito alto, faço birra, nunca mais ninguém inventa o meu dia, ou muda a cor da minha vida.



Hoje meu blog conseguiu atingir a marca de 10.000.00 acessos, isto sempre me pareceu impossível, mas aconteceu. Não posso negar que estou radiante .Se por algum motivo o meu blog acabasse hoje, eu ficaria triste, mas confesso que ainda contudo, feliz e realizada pois estes 10 mil acessos provam que esta blogosfera é muito mais que um simples passar de tempo, ela vida e sentimento.Nem sei se 10 mil é muito ou pouco,não entendo nada de estatística, só sei que para mim está sendo o máximo. Valeu todas as visitas, selos carinhos, dicas, aconchego,escuta e principalmente os comentários. Ah... Como amo ler os comentários.

Este texto é o que foi mais acessado neste oito meses de palavriando.

sexta-feira, 25 de março de 2011

Minha música



Pra ser sincera sou só um pouquinho infeliz,mas tudo bem...


Alegria é uma música que toca e nos faz lembrar, é magia
de outros momentos, é encantamento pairando no ar.
o coração acelerado bate, e lá estou eu cantarolando
esta canção, teimosa eu insisto no refrão, é como um
mantra buscando você em tudo o que tento esquecer.
A melodia dispara o coração e ele me diz para eu esquecer
o passado, dançar com novos passos, rodopiar sem
me prender a nada, viver o momento e apenas se feliz.
Escuto a música e de olhos fechados, todos os rostos
desenhados na memória, lembram você. Me rendo à
poesia ,pois agora já é dia e o CD ainda toca, e num
momento de puro prazer, escutar a música lembra você.
Sou imprecisa, intensa e de sentimentos fortes. Sofro de
vez em quando, mas tenho alegria em grandes proporções.
Mas, e acima de tudo, sou muito feliz por saber que você
existe dentro e fora de mim e a nossa hora está chegando
continuo te esperando para me fazer ainda mais feliz.
Cilneia Felippe

terça-feira, 22 de março de 2011

Equilíbrio...


Minha vida é movimento, assim como o ar eu não
paro, quando muito agitada, sou vento.
Sopro forte e vou longe sem perder o equilíbrio,
às vezes com calma e sem exageros, vou seguindo.
Meu caminho é estreito,em você e sem cair vou
existindo. Sem você sou impreciso, apenas parte de um
sincronismo que marca, controla e me joga num
abismo. Juntos somos equilíbrio...

Cilneia Felippe

domingo, 20 de março de 2011

Blogterapia...




Correria, a vida segue eu liguei a net ,tem mais um

seguidor. O blog decola, sento e leio depois descanso,

volto correndo, é a curiosidade chegando, será que tem

alguém comentando. Rotina diária de pura adrenalina,

várias visitas, amigos novos e antigos do coração,

comentários crescendo, curiosidade aguçada, a vida

que passa e eu aqui escrevendo o meu coração.

Palavras catadas no emocional do momento, blogueiro é

sentimento. Sou livre de regras, gramática ou algum padrão,

invento palavras, quebro concordâncias só pra arrumar

um jeito de rimar o que não tem rima, mas que toca o

coração.Escrevo o que sinto e o que me dá prazer e tento

esquecer que sou eu me contando pra você...



A você blogueiro amiga(o) que mesmo sem me conhecer

me segue, me lê, me entende e está sempre comigo.

É poesia, ternura, divertimento e informação, e em seus

comentários deixa poesia travestida de carinho, que na

minha vida se transforma em inspiração.

Parabéns para todos amigos que hoje com certeza de

forma bem especial faz parte da minha vida.

Cilneia Felippe

sexta-feira, 18 de março de 2011

Super Lua...


Lua é sinônimo de mistério, de beleza e luz,

abriga meus pensamentos e na dúvida me conduz.

Cheia de fases e mimos é cantada em prosa,versos

ou rimas, altera com a sua graça e de acordo com

as suas fases a fase de minha vida.

Lua grande e branca que de redonda rola, gira

no céu num bailado envolvente.É soberana, e às

vezes fica escondida e em outras se mostra pela

metade, és linda e angelical do céu és majestade.

São fases bem definidas que mexem com a a minha vida.

Lua esplendorosa, um espetáculo da natureza e que

inexplicavelmente me seduz, perco e ganho tempo

admirando sua beleza.

Inspira e vira poesia é linda e misteriosa, faz

graça e depois se esconde, num bailado iluminado

aparece e desaparece como mágica de hora em hora.


Sábado, dia 19, nós brasileiros teremos o prazer de ver o

fenômeno conhecido como " Super Lua". Nesta data a Lua

parecerá ainda maior que o normal. Isto será possível pois ela

estará mais próxima da terra. Amo olhar o céu...


Cilnéia Felippe

quarta-feira, 16 de março de 2011

Poesia...



A poesia é a sensibilidade que fala através das palavras,

que grita por meio dos sentimentos, mas é no

sussurro secreto e inquieto que ela mais se manifesta

e sem pressa vai compondo através dos dias

lindas histórias em forma de poesia

É magia e sensação feita em versos ou simples traço,

é delicadeza de quem ama demais, ela é pura

contemplação, faz bem a alma mas principalmente

ao coração.Amar é viver em eterno estado de poesia...


Fiz esta pequena poesia inspirada no amor
lindo entre duas pessoas que conheci no blog
"marcinhamendoncapt.blogspot.com".
É um amor tão lindo que contagia feito os
raios do sol.

Cilneia Felippe

terça-feira, 15 de março de 2011

Sonhos...


Meus sonhos são poucos, pequenos mas intensos,

São simples, infinitos e atrevidos.São sonhos que

dizem tudo, mesmo ficando calado, são confusos

e muitas vezes sem significado.

Sonhos são vontades adormecidas querendo

repousar no inconsciente da minha vida.

Acordar é sempre complicado, pois há sonhos

tão deliciosos que gostaria de viver dormindo

e feliz, do que angustiada e acordada.

E na madrugada onde a insônia insiste em

me querer, eu sonho com os olhos abertos

totalmente acordada, meu sonho é você...

Cilnéia Felippe

segunda-feira, 14 de março de 2011

O poeta é um sonhador...


O poeta é um sonhador, dormindo ou acordado lá

está ele escrevendo amor,numa madrugada sem fim.

Ele sonha com a menina num sonho encantado e sem

que a luz se apague, na solidão sozinho, se faz de menino

e busca no seu inconsciente aquele amor sublimado.

Assim é o poeta, faz da tristeza, do amor e da agonia

pura poesia, é como se para viver tivesse que sofrer

para nos deixar encantados.
Ainda hoje e como foi por quase toda a minha vida
não desgrudo do meu caderninho que já foi brochura
e hoje é espiral, nele escrevo meus sentimentos, o que
me incomoda, o que me faz sofrer o que me causa mal.
Também relato alegria,pois escrever é sempre um
grande prazer, e hoje infinitamente feliz, pois não há
realização maior que alguém que possa ler.
Não sou poeta, sou apenas alguém que aprendeu a
se libertar através das palavras, e assim é....

14 de Março- Dia Internacional da Poesia
Parabéns para todos amigos que passam
aqui e deixam sempre carinhosamente um
comentário, são poesias para mim...

sexta-feira, 11 de março de 2011

Natureza em fúria...



Aquecimento global, buraco na camada de ozônio e uma

quantidade de lixo sem tamanho. Como esperar da natureza

alguma retribuição, se sem perceber, destruímos todas as suas

belezas, acabamos com nossos recursos ficando sem opção.

Chegamos, usamos e abusamos durante séculos e ano a ano,

achando que tudo iria se refazer, mas não, lentamente vem se

acabando, e sem se dar conta, o homem vai destruíndo e a

natureza reclamando. No início silenciosamente, agora nem

tanto, mas vai dando sinais de cansaço de total esgotamento.

O que achávamos que era coisa de outro continente, agora em

nosso mundinho particular se faz presente, são enchentes,

deslizes e todo tipo de reação que nos torna refén de nossas

próprias ações.

O que está feito está ,mas acredito que podemos melhorar,

mudar e fazer diferente, com responsabilidade e de uma forma

consciente, olhar realmente para o futuro, mas já mudando o presente.

E precisamos começar agora, pois hoje assistindo ao triste episódio

no Japão, um mar de lama , águas enfurecidas afogando uma população.

Não dá pra ficar indiferente embora esteja tudo errado, agora não

basta apontar os culpados, vamos olhar pra frente e pedir a Deus

que ilumine este país e proteja a sua gente.

Temos que fazer melhor e diferente...
Cilneia felippe


quinta-feira, 10 de março de 2011

Sentir...




Sou totalmente sentidos,tenho que tocar, cheirar,

olhar, experimentar e sentir para me entregar...

Amor é ritual, não dá pra ser sempre de qualquer jeito.

Nem sempre quero a pressa, a locura e o esquecimento.

Às vezes preciso de calma, de espera e de sentimentos.

Então me olha, me toca e sem medo desvenda

os meus segredos, e em troca serei sua do começo

ao fim sem desculpas, rodeio ou tropeços.

O amor é uma forma deliciosa de sentir a vida...

Cilnéia Felippe

quarta-feira, 9 de março de 2011

Olhar...



O olhar é a janela da alma, e sem perceber

ele mostra o que eu tento esconder.

Meu olhar revela meus medos, esconde segredos,

Mas às vezes não basta só me olhar para tentar

entender, é necessário além de olhar desejar

realmente me ver, arriscando se perder.

Ah, seu eu pudesse conter meu olhar e dirigir

o seu foco, olharia somente para o horizonte,

esqueceria o meu passado, desistiria de tentar

ver o futuro e viveria somente o presente.

Mas nele eu não tenho governo e fico só a

pensar, por que basta ouvir a sua voz que lá

estão eles, os meus a te fitar, se arrastando

e cruzando com os seus, num doce acasalar.


Cilnéia Felippe

terça-feira, 8 de março de 2011

A espera da felicidade...




Olho da janela esperando por ela,

e a espera me faz acreditar que de uma

hora para outra, tudo pode mudar,

que isto acabe e ela possa voltar.

Sei que a espera pode ser longa ou

simplesmente interrompida pela sua

chegada. Enquanto isso, silencio a

noite,colho as estrelas e alicio a lua

para que ela fique comigo brilhando

feito prata e mude a minha fase.

Nesta espera eu posso até morrer,

sem se quer ter você jamais, mas irei até

o fim acreditando que você volta pra mim.

Te esperarei por toda a eternidade e a você

dedicarei todos os meus pobres versos e toda

a minha escrita, és pra você felicidade

que a minha espera ganha mais vida.



Complemento

Dizem que não dá pra viver pela metade ou
ser feliz por inteiro. Eu não sei, o que sei é o
que tento e quero encontrar o meio termo.
Felicidade significa pra mim plenitude, assim
ainda estou a buscá-la. Às vezes ela passa feito brisa
acaricia a minha face, mas não consigo segurá-la,
ela é rápida e logo se afasta. Mas vou vivendo e
cavando neste meu universo momentos de felicidade
numa eterna inquietude, que me faz cada vez mais
bucar ser feliz alcançando a desejada plenitude.
Cilneia Felippe

domingo, 6 de março de 2011

Exemplo de mulher...


Amo essa mulher e acho sua história
uma referência de vida.Uma mulher de
coragem, determinação e fibra...

Um brilho no olhar, sou guerreira, mulher brasileira

dona de uma certeza que me faz sempre lutar.

Ao contrário do que alguns dizem que somos só bunda,

somos muito mais que isso pode acreditar.

Inteligentes por essência, sensíveis por decência e mesmo sendo

forte e determinada, por vontade própria carrego minha inocência.

Assim sou e você, com um brilho próprio e segura do que quer,

amiga, mãe e companheira, sou simplesmente mulher.

Sou a mulher que acorda cedo e não perde o foco da vida,

cheia de graça, feminina por opção, e se não, sou bem resolvida.

Não me desespero diante dos não, sou forte e decidida, pois

minha palavra de ordem é determinação, assim é minha vida.

Cilneia Felippe


8 de março- Dia Mundial da mulher

sábado, 5 de março de 2011

Drummond...



Estamos em festa, uma verdadeira explosão de cultura,

e o nosso País sem pressa, comemora esta alegria nas ruas.

Alguns, ao invés da euforia, escolhe a paz de uma boa prosa

tipo conversar com um bom amigo,escutar uma linda poesia

e poder contar segredos ao pé do ouvido,longe de toda euforia.

Um homem com cara de solitário, conversando com um sonho

imaginário, sentado à beira da praia,ele fica apenas falando

e como por encanto acredita e faz ressurgir naquele cenário toda

a graça e poesia de Drummond, um senhor centenário.

O incrível é ver os dois papeando e eu aqui na minha inocência,

fico a pensar o que pode um simples homem estar tão

compenetrado, dizendo e apontando para este senhor encantado.

Acho que nunca saberemos, pois segredo é segredo, apenas guardamos...

E no sossego da praia o senhor Drummond sabe que ele é muito

amado, pois durante todos os dias é comum ver alguém ao seu lado.


Carnaval é uma festa linda, entretanto prefiro descansar e ler um pouco

e hoje lendo Drummond acabei escrevendo sobre esta foto que gosto

tanto.Quantas vezes já senti vontade de conversar sozinha, falar comigo

mesma, mas temos o tal do bom senso e o controle entre loucura e a lucidez.

Cilneia Felippe

quarta-feira, 2 de março de 2011

Inércia...



O silêncio da noite me parece cortante, paralisa a

minha alma, me faz entrar em estado de inércia e

sem que eu queira, me tira a calma.

Uma inércia de momento onde tudo se confunde

e o meu mundo tão redondinho rola ladeira abaixo

numa velocidade fulminante, sem freio, sem regras

e rodeios, revirando tudo em um único instante.

Uma inércia de sentimentos, onde embora confusa

desejo apenas viver e deixar acontecer, sem planos

sem esperas, certezas ou enganos...

Vou viver e aprender a esperar por você.

Cilnéia Felippe