quarta-feira, 8 de julho de 2015

Ambiguidade...





Tenho um sentimento de ambiguidade
que me assusta e me faz sempre querer
mudar de caminho, mesmo tendo a
sensação de estar no rumo certo.
Sou muito arisca, desconfiada,
inquieta e ansiosa...
Às vezes a felicidade parece que
me assusta e me incomoda.
É tanta porrada pela vida afora,
que estou sempre pronta pra
qualquer coisa, nunca pra ser
plenamente feliz...
Cilneia Felippe
 
 
 
 

domingo, 5 de julho de 2015

Coisas boas da vida...

Quero o sorriso fácil, emoções verdadeiras, cheiro e
 gosto de café com pão de queijo e beijo...
Quero o calor do sol e o aconchego do frio
do inverno pra dormir agarradinha...
Quero o canto dos pássaros na minha janela
anunciando o novo dia...
Quero descomplicar a vida, baratear os
sentimentos e negociar com as emoções
pra no final achar que consegui apenas ser feliz.
Cilneia Felippe

sábado, 4 de julho de 2015

Se não fosse amor...




 
Se não for por amor
Não valeu a dor.
Se não é pra ser feliz...
Sem sorrisos, sem o sim quase
Que correspondido.
Se não for pra ser assim...
Chega de dito pelo não dito
E este amor sempre retido.
E se não for pra ser realmente amor, tudo bem...
Paremos então de supor.
Mas sei que é amor, pois se não fosse eu
Já teria desistido...
Cilneia Felippe.