quarta-feira, 5 de janeiro de 2011

Grito...


A palavra fala o que você não quer ouvir.


O seu beijo cala o que você quer sucumbir...


A minha boca grita o que sinto, pois pressinto o teu sentir.


Acho que é a tua hora de decidir,
se sou eu, então fica...

se não, pode partir .



Cilneia Felippe

8 comentários:

  1. Nossa Néia! Deu até medo!
    Bjo querida!

    ResponderExcluir
  2. Lindo Néia adorei ler!
    Como sempre adoro ler teu blog.
    Passando correndo aqui, só chove menina
    Tenho que ficar entrando na net aos picadinho
    Já que é impossível navegar com raios rs linda noite amiga bjs.

    ResponderExcluir
  3. Eu amo essa musica Relicário da Cássia Eller e Nando Reis!
    Acho ela lindíssima! rs

    ResponderExcluir
  4. Singelo e... forte!!

    beijos enormes =)

    ResponderExcluir
  5. Oi...
    Este pequeno texto que na realidade é apenas um fragmento, pois ele na íntegra é enorme é fruto de uma conversa e um desabafo entre eu e uma amiga que acabou um relacionamento de uma forma dolorosa e me perguntou o que falar para ele, pois diante de tudo e do amor que infelizmente ela ainda sente, não achava palavras, foi então que começamos a escrever algumas coias.Ela acompanha o meu blog de longe, pois assim como eu não gosta de tecnologia, ontem me liberou para publicar alguma coisa e eu escolhi esta parte, pois achei pontual.
    Como já disse ecrevo para liberar o que sinto e no momento não caberia aqui dizer o que penso sobre tudo o que aconteceu...
    Mas o Lupo tem uma certa razão é de dar medo.
    Hoje voltei e completei o texto
    Beijos e foi só para clarear.

    ResponderExcluir
  6. Lindo Blog, e o texto é bastante inspirador. O que me faz gostar cada vez mais da blogosfera é poder encontrar cantinhos como esse. Parabens, adoreii..
    Quando puder passa lá em casa rs
    http://passossilenciosos.blogspot.com

    Bjos..feliz ano novo!

    ResponderExcluir
  7. Cabe pra mim, embora não esteja procurando desfecho pra nada. Mas me calou fundo. Acho que por romantismo.
    Beijo!

    ResponderExcluir
  8. Neia...
    Nada pode ficar no meio do caminho!
    Muito sensatas as tuas palavras...


    Beijos!
    AL

    ResponderExcluir